Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasileira Alusa participará de licitação elétrica na Argentina

Buenos Aires, 27 out (EFE) - O Governo argentino anunciou hoje que a empresa brasileira Alusa disputará licitação para construir uma linha de interligação elétrica no oeste do país, que demandará um investimento de US$ 392,7 milhões.

EFE |

Em um ato liderado pela presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, as companhias formalizaram hoje a apresentação dos antecedentes técnicos para esta obra de 708 quilômetros para a ligação elétrica de 500 quilowatts entre as províncias de San Juan, Mendoza e Neuquén.

Além da Alusa, participarão da disputa as argentinas Electroingeniería e Teltres, a dupla espanhola Elecnor e Cobra Instalaciones y Servicios, a espanhola Teyma Abengoa e o consórcio Linsa (das argentinas Cartellone e Iecsa e as espanholas Isolux e Corsán).

A obra, cujo início é previsto para junho de 2009, será financiada pela Corporação Andina de Fomento (CAF), a Administração nacional e os Governos provinciais de San Juan e Mendoza.

A entrada em operação da linha de interconexão elétrica está prevista para junho de 2010, indicaram fontes oficiais.

A governante argentina afirmou que a obra faz parte do plano energético lançado em 2004 por seu marido e antecessor, Néstor Kirchner (2003-2007), para enfrentar a crise que afetava o país diante do déficit de gás.

Desde então, a Argentina registrou problemas de fornecimento energético no inverno e no verão, quando ocorrem os maiores índices de consumo, e em dezembro de 2007 o Executivo lançou o Plano de Uso Racional da Energia. EFE ms/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG