Soldados dos exércitos brasileiro e boliviano uniram-se para evitar que o duto que leva gás para o Brasil, na localidade de Carmo, próximo da fronteira com Corumbá (MS), seja depredado ou sabotado. A presença do Exército brasileiro no local não é bem vista pelos manifestantes anti-Evo Morales.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.