O Brasil já comunicou oficialmente ao governo dos Estados Unidos que pretende abrir um processo na Organização Mundial do Comércio (OMC) para retaliar os produtos americanos em decorrência da disputa sobre os subsídios ao algodão. Há uma semana, o Itamaraty encaminhou um telegrama aos diplomatas americanos confirmando que o caso seguirá adiante.

O embaixador Roberto Azevedo confirmou que o processo está caminhando, mas ainda não tem uma data definitiva da entrada do caso nos tribunais da OMC. O Brasil terá de pedir à OMC que avalie qual será o valor e a forma que o País poderá usar para aplicar as retaliações contra a Casa Branca.

O Brasil buscaria sanções de US$ 4 bilhões. Mas os americanos já deixaram claro que vão questionar o valor. A OMC terá então de se reunir e decidir, em um prazo de 60 dias, qual deve ser de fato o valor da retaliação que o Brasil poderá aplicar.

Leia mais sobre OMC - algodão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.