Rio de Janeiro, 8 set (EFE).- O Ministério da Agricultura confirmou as melhores previsões e conseguiu uma colheita de 143,8 milhões de toneladas de grãos na atual safra (2007/2008), a maior na história do país, informou hoje o Ministério da Agricultura.

Segundo o Ministério, a colheita superou em 9,2% a da temporada passada, resultado que ainda pode aumentar, pois falta contabilizar a colheita de milho safrinha do nordeste, que terminará em setembro.

Os dados foram apresentados hoje em Brasília pelo presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Wagner Rossi, que, além disso, projetou um forte aumento das exportações.

O cultivo de milho cresceu com força e explica boa parte dos números recorde deste ano, com 58,59 milhões de toneladas, em um aumento de 14% em comparação com a colheita anterior.

A produção de trigo saltou 71,2%, para 3,82 milhões de toneladas, mas ainda não é suficiente para abastecer todo mercado interno, que deve seguir importando da Argentina.

A produção de soja cresceu um pouco menos, 2,8 %, para 60 milhões de toneladas.

Os números mostram também que as exportações brasileiras de grãos cresceram com força para 52,17 milhões de toneladas.

Entre janeiro e julho, as vendas desses produtos forneceram US$ 13,29 bilhões à balança comercial do setor agrícola e pecuário, que somou no total US$ 40,111 bilhões.

Este cenário "consolida o negócio agrícola como um dos principais protagonistas da economia brasileira", assinalou Rossi. EFE ol/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.