Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil terá maior crescimento da América Latina, diz Cepal

Previsão é que País cresça até 6% este ano, enquanto que região deverá registrar expansão de 4,5%

EFE |

Entre os países da América Latina, o Brasil terá a economia de maior crescimento em 2010, segundo previsão da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). De acordo com a secretária executiva da Cepal, a mexicana Alicia Bárcena, as economias da América Latina e o Caribe crescerão 4,5% em 2010, acima dos 4,1% previstos há meses pelo organismo. "O Brasil terá crescimento acima de 5,5%, talvez até 6%, seguido pelo Uruguai, Peru, Chile e Panamá, que continuam sendo economias bastante fortes", destacou Alicia.

Em dezembro do ano passado, ao apresentar o balanço preliminar de 2009, a Cepal previu que a região cresceria uma média de 4,1% após uma contração econômica de 1,9% no ano passado. "Agora sentimos que haverá uma grande subida. Vamos anunciar estes números muito em breve, uma taxa de crescimento superior a 4,1%", disse. A Bolívia igualmente terá um bom ano pelas suas "exportações de matérias-primas". E também a Argentina, com uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) "acima de 4%".

O México crescerá "acima de 4,1%" graças "ao maior dinamismo dos Estados Unidos". A economista mexicana disse que, em boa medida, as melhores perspectivas se devem ao alto preço das matérias-primas nos mercados internacionais, uma das principais exportações da região especialmente da América do Sul, que em conjunto "está passando por um bom momento". Apesar disso, os países do Caribe são motivo de preocupação para a representante da Cepal, principalmente porque ainda não superaram a crise de 2009.

Leia tudo sobre: cepalcrescimento

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG