O Brasil entrou ontem num restrito grupo de países que possuem certificação para foguetes, formado por Estados Unidos, Japão e União Europeia. A certificação do foguete suborbital VSB-30 foi realizada em São José dos Campos.

Para o ministro da Defesa, Nelson Jobim, "a certificação nos dá a qualificação internacional e viabiliza o crescimento e o domínio do ciclo aeroespacial". As informações são do jornal S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.