O governo brasileiro aplicou sobretaxas, por até seis meses, nas importações brasileiras de fios com pelo menos 85% de fibra de viscose em sua composição vindas da Áustria, Índia, Indonésia, China, Tailândia e Taiwan. A Câmara de Comércio Exterior (Camex) identificou, preliminarmente, a existência de dumping (quando o preço do produto exportado é inferior ao praticado no próprio país).

O valor da sobretaxa, fixada em dólar, varia de empresa por empresa, segundo a lista publicada hoje no Diário Oficial da União. A investigação foi aberta no dia 20 de maio de 2008 a pedido das empresas Vicunha, Jofegê e Têxtil Carmem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.