O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, informou hoje que o governo brasileiro vai pedir à Organização Mundial do Comércio (OMC) a retomada do processo de arbitragem do valor das sanções que poderão ser aplicadas aos Estados Unidos. Essa decisão dá continuidade à condenação da OMC à política de subsídios dos Estados Unidos à produção de algodão.

Amorim calcula que em, no máximo, 60 dias a OMC deverá iniciar essa arbitragem. O ministro, entretanto, não informou o valor das sanções que será sugerido pelo governo brasileiro. Conforme afirmou, se o Brasil não pedisse à OMC a retomada do processo, daria uma finalização errada sobre essa controvérsia. Amorim destacou que, apesar dessa iniciativa, o governo brasileiro ainda prefere obter uma solução negociada com os Estados Unidos.

Etanol

O ministro adiantou que o governo brasileiro estuda a abertura de outro processo contra os Estados Unidos na OMC. Desta vez, contra a política americana de proteção ao etanol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.