Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil passa bem pelo teste de realidade, diz Augustin

O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, afirmou ontem que o Brasil passa com segurança pelo teste de realidade proporcionado pelo agravamento da crise global. Para ele, o compromisso do governo com o déficit nominal zero em 2010 fortalece a posição do País.

Agência Estado |

O Brasil vai sair mais forte da crise porque os fundamentos da economia vão prevalecer, sustentando o crescimento mesmo com o mundo em crise, avaliou. Ele destacou que a superação desse teste dará mais segurança aos investidores em relação ao Brasil.

"Uma coisa é o governo e as agências falarem sobre a situação da economia, outra é o fato de haver volatilidade e o País continuar a crescer, melhorando os indicadores; o que dá confiança são os fatos", disse. Segundo ele, os fundamentos estão sendo testados e aprovados. O que mais se temia era o efeito da crise no lado real da economia - e até agora o crescimento não foi prejudicado.

"Eu defendo que o Brasil sairá mais forte do que entrou porque foi testado." Na sua avaliação, o crédito cresce no Brasil dentro de padrões de normalidade e a solidez do sistema bancário tem sido comprovada. Segundo ele, não há risco de uma crise bancária no País, como ocorre nos Estados Unidos.

"De forma alguma (o crédito) está fora do padrão. A situação é de absoluta tranqüilidade. Não se enxerga aqui nada parecido com o que ocorre nos Estados Unidos." Apesar do otimismo, Augustin avaliou que a crise terá efeito sobre o Brasil, pois a economia nacional está conectada com o mundo. "Mas esse efeito será bem menor que no passado."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG