Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil ganha 8 posições em ranking de investimentos externos em 2007

SÃO PAULO - O Brasil avançou oito posições no ranking global dos países que receberam investimentos estrangeiros em 2007, passando do 22º para o 14º lugar. Na comparação com as nações emergentes, o Brasil galgou quatro degraus e ficou com a 4ª colocação, atrás apenas de China, Hong Kong e Rússia.

Valor Online |

O país ultrapassou México, Índia, Turquia e Cingapura de 2006 para 2007, recebendo o montante recorde de US$ 34,6 bilhões em investimento estrangeiro direto (IED).

Conforme dados de estudo da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês), divulgado hoje pela Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais (Sobeet), o montante recebido pelo Brasil no ano passado representa um crescimento de 83,7%, bem acima da média global, que cresceu 29,9% e somou US$ 1,833 trilhões - também um volume recorde, que superou a marca de US$ 1,410 trilhão registrada em 2000.

O crescimento do IED no Brasil se deve principalmente ao alto patamar de preços das commodities, que estimulou investimentos no setor, bem como à forte demanda interna, além da expansão do setor de infra-estrutura. Luís Afonso Lima, diretor da Sobeet, lembra que essa evolução "muito positiva" se deu mesmo em processo de crise internacional, iniciada em julho de 2007. A participação do Brasil nos investimentos estrangeiros globais ficou em 1,9% no ano passado.

(Bianca Ribeiro | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG