Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil e Vietnã firmam acordo de cooperação científica e de combate à fome

BRASÍLIA - Em declaração à imprensa durante visita hoje ao Vietnã o presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu o apoio do país para que o Brasil ocupe um assento permanente no Conselho de Segurança da Organização as Nações Unidas (ONU). Na visita de um dia ao país, Lula e o presidente do Vietnã, Nguyen Minh Triet, também assinaram acordos de cooperação nas áreas de ciência e tecnologia e de esportes. Entre os documentos, está um memorando para promover iniciativas de combate à fome.

Valor Online |

Foram discutidos ainda temas da agenda bilateral e multilateral como alternativas para intensificar a cooperação entre o Brasil e o Vietnã nos campos de agricultura, infra-estrutura, formação profissional, energia renovável e comércio.

Lula destacou, em discurso, que o Vietnã tem uma história que desperta respeito e admiração devido à guerra travada pela independência do país. O presidente expressou ainda a vontade de firmar uma parceria na área de biocombustíveis com os vietnamitas.

Os biocombustíveis têm uma relevância especial para países como os nossos, com formidável potencial de geração de empregos, diversificam e democratizam o acesso à energia, diminuindo a dependência mundial de combustíveis fósseis, disse Lula.

Acompanhado de uma comitiva de 30 empresários, o presidente participou do encerramento do seminário empresarial Brasil-Vietnã: Construindo Novas Parcerias. Lula citou dados sobre as relações comerciais dos dois países, entre 2002 e 2007, que evoluiu de US$ 43 milhões para US$ 323 milhões.

Apesar do aumento impressionante, esses números ainda não fazem justiça ao potencial de nossas trocas e investimentos. Para mudar esse quadro, precisamos trabalhar juntos.

Lula já cumpriu agenda de compromissos no Vietnã, onde a diferença de horário é de 10 horas em relação ao Brasil. O presidente já embarcou para o Timor-Leste, único país asiático que tem o português como língua oficial.

Na visita de estado, Lula vai se encontrar com o presidente do Timor Leste, José Ramos Horta, e com o primeiro-ministro, Xanãna Gusmão. A intenção da visita é levar a colaboração brasileira à reconstrução do país devastado por conflitos que sucederam décadas de ocupação da Indonésia.

Após Japão, Vietnã e Timor Leste, Lula embarca para a Indonésia, onde encerra as visitas aos países asiáticos.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG