Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil e Uruguai querem impulsionar implementação de hidrovia

Montevidéu, 5 ago (EFE) - A Comissão Mista Brasileiro-uruguaia decidiu hoje impulsionar a implementação de uma hidrovia junto a outros planos de infra-estruturas de transporte para reativar a integração física e econômica na fronteira. Em reunião de trabalho de dois dias que terminou hoje no Palácio Santos, sede do Ministério das Relações Exteriores do Uruguai, foram traçados os fundamentos para impulsionar o desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim. O ministro de Transporte e Obras Públicas uruguaio, Víctor Rossi, disse que foi reativada a comissão bilateral sobre o tema, que havia sido paralisada, o que demonstra o interesse de ambos os países em criar um nexo de integração física e econômica. O ministro afirmou que o reatamento dessa comissão permitirá acelerar este projeto de transporte, destinado a aumentar o intercâmbio de pessoas e bens entre os dois países. Rossi reconheceu que um dos pontos mais importantes tratados durante a reunião foi estabelecer uma política ambiental da região para a preservação dos rios e para que esta política se dirija para toda a região. Marcelo Moreira, presidente da Seção Brasileira da Comissão da Lagoa Mirim, afirmou que a execução do projeto é de suma importância para Uruguai e Brasil, pois permitirá que a lagoa se transforme em um laço de união entre ambos os países. O representante brasileiro comentou que as medidas compensatórias ambientais serão claras, já que será reduzido o número de caminhões ...

EFE |

EFE iay/rb/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG