Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil e UE dizem estar otimistas sobre a Rodada Doha

Os chefes das representações comerciais de Brasil e da União Européia (UE) expressaram otimismo quanto a um acordo para a liberalização do comércio mundial e disseram que há uma crescente aproximação entre suas opiniões. Acredito que, em grande medida, Brasil e UE podem ajudar a alcançar um acordo final, afirmou o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, depois de um encontro realizado hoje com sua contraparte européia, Catherine Ashton.

Agência Estado |

Amorim afirmou que ambos partilham de "um interesse comum em finalizar a rodada (Doha)". Ashton, por sua vez, disse estar "cautelosamente otimista" sobre a conclusão das negociações na Organização Mundial de Comércio (OMC), observando que ainda há questões que precisam ser resolvidas. "Acredito que estamos em um ponto de nossas discussões em que podemos ver possibilidade de completar a rodada", afirmou a comissária de Comércio da UE.

Lançada na capital do Catar no final de 2001, a Rodada Doha da OMC tem fracassado a cada disputa entre países desenvolvidos e em desenvolvimento sobre como reduzir as barreiras ao comércio de produtos agrícolas, industriais e do setor de serviços.

As negociações realizadas em Genebra ganharam força nos últimos dias com os pedidos cada vez mais constantes para um acordo até o final do ano, que se integraria aos esforços para combater a crise econômico-financeira mundial. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG