Tamanho do texto

A Volkswagen informou que seu lucro líquido chegou a 3,73 bilhões de janeiro a setembro, um crescimento de 28% em relação ao mesmo período de 2007. A empresa, que tem conseguido sair-se relativamente bem em meio à crise, foi a única grande montadora européia que até agora não fez nenhum alerta de lucro ou revisou metas de venda para o ano.

As vendas no período cresceram 3,9%, para 4,8 milhões de veículos, lideradas principalmente pela demanda na China e no Brasil.