Tamanho do texto

O Brasil continuará expandindo suas reservas em moeda estrangeira, disse o presidente do Banco Central

O Brasil, por enquanto, continuará elevando suas reservas em moeda estrangeira, disse o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, durante conferência realizada em Nova York organizada pela Câmara Americana de Comércio. Meirelles disse que as reservas estrangeiras atuais, próximas de US$ 250 bilhões, são "confortáveis" para proteger o país contra uma outra eventual crise financeira.

Ele acrescentou que a atual política do banco central continua sendo de expansão das reservas e que não há um limite a partir do qual a instituição consideraria interromper tal política.

Meirelles disse ainda que não espera desaceleração dos investimentos estrangeiros no país em consequência de taxas de juro mais altas. Ele também comentou sobre o crescente volume de investimento no país para o desenvolvimento de maquinários, de tecnologia e de recursos humanos. "Isso está gerando um boom industrial em algumas áreas do Brasil", disse Meirelles. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.