Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasil construirá hidroelétrica na Nicarágua

Brasil e Nicarágua acertaram a construção de uma central hidroelétrica, com capacidade de 160 megawatts, no sul nicaraguense, como parte dos convênios de cooperação bilateral, informou nesta quinta-feira uma fonte oficial em Manágua.

AFP |

O projeto, denominado Tumarín, será desenvolvido na Região Autônoma do Atlântico Sul, com um investimento total de 350 milhões de dólares, revelou a presidência nicaraguense.

O acordo foi firmado entre o presidente da Eletrobras, José Muniz, e o titular da Central Hidroelétrica Centroamérica (CHC), Mauricio Mariani, em um ato na embaixada do Brasil em Manágua.

A CHC é uma afiliada do grupo brasileiro Queiroz Galvão, com 50 anos de experiência no ramo de construção, serviços públicos e produção de energia, petróleo e gás.

O custo total do projeto será assumido pela Eletrobras e pela CHC, em um esquema no qual o Estado nicaraguense começará com 10% de participação e terminará com 100%, após remunerar os construtores.

O projeto será financiado pelo BNDES e pelo Banco Centro-Americano de Integração Econômica (BCIE).

Além da represa na bacia do rio Grande de Matagalpa, o projeto prevê uma linha de transmissão e uma estrada de acesso ao local.

jr/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG