O Brasil acha insuficiente a proposta dos Estados Unidos de reduzir seus subsídios internos à agricultura a US$ 15 bilhões, indicou nesta terça-feira um membro da delegação brasileira à AFP.

Antes os Estados Unidos se disseram dispostos a reduzir seus subsídios a US$ 15 bilhões anuais, melhorando sua oferta anterior de US$ 17 bilhões.

"Em troca de um acesso ambicioso aos mercados, estamos prontos para reduzir nosso apoio interno que distorce o comércio a US$ 15 bilhões", afirmou a representante americana do Comércio, Susan Schwab, em uma entrevista coletiva em Genebra.

"É um passo muito importante, que damos de boa-fé, à espera das propostas dos outros", afirmou a funcionária, em referência às demandas dos Estados Unidos de um acesso maior para seus produtos industriais nos países em desenvolvimento.

Leia mais sobre Rodada Doha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.