SÃO PAULO - A agência de classificação de risco Standard & Poor´s (S & P) acredita que o Brasil está se beneficiando de uma estabilidade política, de uma melhoria significativa em sua economia e dos preços mais altos das matérias-primas. Notou ainda que Banco Central do país está corretamente focado em conter a inflação, observando, porém, que uma redução mais marcada do gasto público colaboraria com o objetivo de evitar um aumento de preços.

Em conversa por telefone ontem com investidores sobre o impacto da inflação na América Latina, a agência manifestou que os bancos na região têm mantido um crescimento constante na carteira de crédito, principalmente Brasil, México e Chile, conseguindo estabilizar e minimizar o impacto da crise financeira atual.

Sobre a América Latina em geral, a agência estimou que a inflação é hoje o grande desafio enfrentado na região.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.