Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bradesco e Wall St fazem Bovespa abrir mês no vermelho

Por Aluísio Alves SÃO PAULO (Reuters) - O pessimismo dos investidores com o setor financeiro, no Brasil e no exterior, fez as ações de bancos empurrarem a Bolsa de Valores de São Paulo ladeira abaixo na primeira sessão do mês.

Reuters |

Depois de ter chegado a operar no azul, o Ibovespa perdeu chão no final da tarde e concluiu a segunda-feira desvalorizado em 1,61 por cento, aos 38.666 pontos.

Mas o clima de incerteza também encolheu o apetite por negócios, fazendo o giro financeiro da sessão somar 2,62 bilhões de reais.

"O ambiente foi muito pouco propício para o setor financeiro", resumiu Newton Rosa, economista-chefe da SulAmerica Investimentos.

O pessimismo com o setor se espalhou antes mesmo do início do pregão. No exterior, o mote foi a decisão da Moody's de rebaixar o rating do Barclays, em meio à expectativa de novas baixas contábeis da instituição. Foi o suficiente para fazer o setor arrastar os índices das bolsas européias.

Não bastasse a influência externa negativa, o ânimo do investidor piorou porque o Bradesco abriu a temporada de resultados do quarto trimestre reportando queda no lucro e na rentabilidade, além de prever aumento da inadimplência. Com isso, sua ação caiu 2,6 por cento, a 20,25 reais.

O panorama azedou mais depois da divulgação de que os gastos com construção nos Estados Unidos tiveram queda recorde em 2008, enquanto mais empresas, como a fabricante de brinquedos Mattel, surpreendiam o mercado com resultados piores do que as expectativas.

Os dados contaminaram também os negócios nos mercados de commodities, derrubando os preços de metais e do petróleo, referência das blue chips domésticas. Petrobras perdeu 1,36 por cento, para 24,69 reais.

Vale recuou 0,9 por cento, para 27,75 reais.

"Ainda tem uma expectativa em relação ao pacote do governo Obama para ajudar os bancos. Mas enquanto isso, o mercado está repercutindo o noticiário negativo", acrescentou Rosa.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG