Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BP compra ativos da Devon Energy no Brasil

A petrolífera britânica BP anunciou hoje a compra de um amplo e diversificado portfólio de exploração em águas profundas na costa brasileira, por meio de um acordo de longo alcance, no valor de US$ 7 bilhões, com a produtora independente de gás e petróleo Devon Energy Corp., dos EUA.

Agência Estado |

A BP deixou claro seu interesse nos ativos do litoral brasileiro, que tem gerado algumas das maiores descobertas das últimas décadas.

"Através da nossa entrada no Brasil, a BP adicionará uma posição importante em outras atraentes bacias de águas profundas", disse em comunicado a companhia. O acordo multifacetado também consolida a posição da BP no Golfo do México e na costa do Azerbaijão, além de dar à Devon uma participação na exploração ainda não desenvolvida de areia petrolífera, ou betume, em Alberta, no Canadá.

Nas águas do Golfo do México pertencentes aos EUA, a BP está adicionando um portfólio de 240 arrendamentos, incluindo os 30% da Devon na grande descoberta paleogênica de Kaskida, o que lhe dá 100% do projeto. No Azerbaijão, a BP está comprando uma participação de 5,63% no desenvolvimento Azeri-Chirag-Gunashli, no Mar Cáspio, aumentando sua participação para 39,77%. A empresa já é operadora do campo.

A Devon, por sua vez, pagará US$ 500 milhões à BP por uma participação nas areias petrolíferas Kirby, ainda não desenvolvidas. Kirby está próximo ao desenvolvimento Jackfish, operado pela Devon e que começou a produzir em 2007. "Esperamos que esta transação acelere o desenvolvimento dos ativos de Kirby e, por meio do acordo associado de extração de petróleo, proporcione uma fonte segura de petróleo pesado canadense para nossa refinaria Whiting", informou a companhia.

Segundo analistas, a parte mais importante do acordo é a que se refere às reservas submarinas do Brasil. "Este é um ponto de entrada útil para a BP no Brasil", disse o analista Peter Hutton, da NCB Stockbrokers. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG