Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa trabalha com ganho de 4,85%; dólar cede 0,60%, a R$ 2,464

SÃO PAULO - A semana começa de forma bastante positiva para a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa subia 4,85%, aos 37.

Valor Online |

063 pontos, com giro financeiro em R$ 277 milhões.

O bom humor reflete o ambiente externo onde a possibilidade concreta de resgate às montadoras dos Estados Unidos e a expectativa de novos planos econômicos seguram os investidores na ponta compradora.

Depois de uma rodada de negociação no final de semana os congressistas dos EUA chegaram a um acordo e um projeto de ajuda a Ford, GM e Chrysler deve ser votado amanhã.

Na Ásia, os oficiais chineses estariam negociando uma ampliação do plano de US$ 580 bilhões para estimular a economia. Ontem, a Índia anunciou US$ 4 bilhões em investimentos e o corte de impostos buscando manter seu ritmo de crescimento.

Os agentes também receberam de forma positiva os planos de investimento em infra-estrutura anunciados pelo presidente eleito dos EUA Barack Obama.

Na Europa, as bolsas em Londres e Frankfurt avançavam 5,30% e 6,46%, respectivamente. Destaque para os bancos e para as petrolíferas que ganham valor junto com o barril de WTI.

De volta ao mercado interno, a formação da taxa de câmbio segue bastante instável, mas o dólar comercial perde valor ante o real. Há pouco, a moeda era negociada a R$ 2,464 na venda, queda de 0,60%. Segundo analistas, o dólar perde valor ante outras moedas, como euro e libra, e a valorização das commodities também tira atratividade da divisa norte-americana.

Dentro do Ibovespa, Petrobras PN liderava os ganhos, apresentando alta de 5,45%, a R$ 19,15. Vale PNA subia 5,06%, saindo a R$ 22,59, e Gerdau PN subia 9,67%, para R$ 14,96.

Entre os bancos, Itaú PN tinha valorização de 6,36%, cotado a R$ 28,93. Bradesco PN aumentava 5,78%, a R$ 25,04, e Banco do Brasil ON ganhava 3,36%, negociado a R$ 16,28.

Entre os 66 papéis do índice, apenas a ação PNB da Copel declinava 1,57%, a R$ 26,82.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG