Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa testa 40.300 pontos e luta para permanecer em alta

SÃO PAULO - A quarta-feira é de forte instabilidade na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Além de acompanhar o cenário externo, os agentes também assimilam o vencimento de opções sobre o índice futuro.

Valor Online |

Depois de testar os 40.361 pontos na máxima, o Ibovespa luta para permanecer em território positivo. Por volta das 13h20, o Ibovespa ganhava 0,09%, para 40.029 pontos. O giro financeiro estava em R$ 1,27 bilhão.

O economista da Infra Asset Management, Fausto Gouveia, notou que a impressão no começo do dia era de realização de lucros, mas o mercado segue mostrando força, tentando se descolar das perdas observadas em Wall Street, onde o Dow Jones recuava mais de 1%.

Para o especialista, o mercado ainda reflete a decisão do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, que ontem surpreendeu cortando o juro de 1% para uma banda entre zero e 0,25% ao ano.

Segundo o economista, se essa foi uma decisão acertada ou não ainda não dá para saber, pois trabalhar com juro zero pode resultar em problemas de inflação e déficits nas contas públicas. " Mas, no momento, o Fed está mais preocupado em fazer o dinheiro circular na economia. "
Outro ponto importante, segundo Gouveia, é que hoje acontece a rolagem do Ibovespa futuro. O contrato de dezembro deixa de ser negociado e o de fevereiro passa a ser o de maior liquidez.

Observado o comportamento dos ativos dentro do índice é possível verificar que os comprados estão tentando puxar os preços para cima para poder exercer suas opções.

Destaque para as ações da Petrobras, que ganhavam 1,97%, para R$ 24,27. Vale PNA subia 0,65%, para R$ 26,10, e CSN ON aumentava 1,21%, para 30,87.

Mais alinhados ao cenário externo, os bancos voltam a perder valor. Bradesco PN caía 1,54%, a R$ 25,50, e Itaú PN desvalorizava 0,60%, a R$ 29,62.

Puxando as perdas dentro do Ibovespa, TIM Part ON caía 6,28%, a R$ 6,56. Duratex PN devolvia parte dos ganhos de ontem, com desvalorização de 5,17%, a R$ 16,95. Sabesp ON, Eletropaulo PNB, NET PN e Telemar PN declinavam mais de 3% cada.

Fora do índice, as ações ON da Positivo Informática desabavam 24,36%, para R$ 8,35. Segundo o Wall Street Journal (WSJ), a Lenovo teria desistido de compra a companhia.

No mercado de câmbio, o dia também é de acentuada instabilidade, com os comprados resistindo à pressão vendedora. O dólar voltou a apontar para baixo depois que o Banco Central (BC) vendeu moeda no mercado à vista. Há pouco, o dólar comercial valia R$ 2,347 na venda, queda de 1,05%.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG