Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa tenta manter 70 mil pontos, em meio à queda das ações da Vale

SÃO PAULO - Em um pregão marcado pela volatilidade, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que abriu em baixa, conseguiu inverter de rumo ao fim da primeira etapa e operava acima dos 70 mil pontos. Por volta das 12h40, o Ibovespa registrava ganhos de 0,13%, aos 70.070 pontos, com giro de R$ 2,169 bilhões.

Valor Online |

O índice futuro, com vencimento em abril, recuava 0,07%, a 70.600 pontos.

Em Wall Street, as bolsas registravam queda. Há pouco, o índice Dow Jones recuava 0,14%, enquanto o Nasdaq caía 0,10%.

"O desempenho da Bovespa está muito concentrado nos papéis da Petrobras, da OGX e da Vale. Além disso, haverá um vencimento de opções na segunda-feira, que já influencia o mercado hoje, e também um movimento de realização de lucros no exterior, com as bolsas em queda. As commodities também caem e as moedas de países emergentes estão piores que o dólar", assinala o gestor de renda variável da Infinity Asset, George Sanders.

A Vale apresentou comunicado em que informa que pretende emitir bônus denominados em euros no mercado de capitais global. Segundo a empresa, os recursos serão usados para atender a " propósitos corporativos em geral " .

A mineradora pediu a listagem dos bônus na Bolsa de Luxemburgo e notou que os papéis serão obrigações sem garantias e serão " pari passu " a todas as obrigações da Vale de natureza semelhante.

A OGX divulgará os resultados de 2009 após o fechamento do pregão. A Petrobras, por sua vez, revelou que encontrou petróleo em terra na Colômbia, após a perfuração do poço Balay-1, na bacia de Llanos, com profundidade de 4.652 metros.

"As operações de teste de formação comprovaram a existência de petróleo, com cerca de 28º API, em vazões iniciais de 1.314 barris de petróleo por dia", informou a empresa.

Há instantes, a ação PNA da Vale diminuía 1,12%, a R$ 46,53, enquanto o papel PN da Petrobras subia 0,86%, a R$ 37,32. Os papéis ON da OGX também operavam no campo positivo e disparavam 5,58%, a R$ 17,96.

Liderando as perdas do Ibovespa, estavam os papéis ON da JBS, com queda de 2,47%, a R$ 9,06, as units da ALL, com recuo de 1,59%, a R$ 16,62, e as ações PN da Bradespar, com perdas de 1,57%, a R$ 41,24.

Entre as empresas que apresentaram resultado, as ações ON da BR Malls subiam 1,61%, a R$ 23,23. A administradora de shopping centers teve lucro líquido de R$ 902,527 milhões no quarto trimestre de 2009, alta de 71,8% sobre o mesmo período de 2008, quando a companhia auferiu ganhos de R$ 525,482 milhões. Com isso, a BR Malls acumulou lucro de R$ 1,09 bilhão no ano passado, mais que o dobro em relação aos R$ 534,373 milhões de 2008.

No câmbio, o dólar operava em baixa pelo terceiro dia seguido. Há pouco, a divisa era negociada a R$ 1,769 na venda, queda de 0,11%.

(Beatriz Cutait | Valor)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG