O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo abriu em alta, caiu e voltou a subir nesta quarta-feira de muita volatilidade nos mercados financeiros. Às 14h, a Bovespa operava em alta de 0,72%, aos 48.783. O dólar começou a ser negociado em alta de 0,9%, caiu e voltou a subir, cotado a R$ 1,786, alta de 0,73%.

Acordo Ortográfico

Após vários dias consecutivos de prejuízos, a Bovespa começou a operar em alta nesta quarta-feira, chegando a registrar alta de mais de 2%. Os investidores começaram o dia buscando ações, agora com preços bastante atrativos.  

Com a alta, a Bolsa de Valores de São Paulo sinalizava que o mercado acionário local deve dar uma respirada, depois da queda de 4,5% ontem. A trégua ensaiada pelo mercado local reflete o ambiente internacional menos tenso esta manhã, onde os índices futuros americanos apresentam viés positivo e o petróleo opera próximo à estabilidade.

A esperança dos investidores é que o saldão de ontem na Bovespa possa abrir espaço hoje para uma caça às pechinchas. "Os analistas têm dito que o mercado está cheio de pechinchas, mas enquanto os fundos estrangeiros não pararem de vender ações brasileiras o mercado vai continuar difícil", disse desanimado um operador.

Após ser cotado ontem em Londres abaixo de US$ 100, o petróleo estancou a sangria de vendas esta manhã. Os preços operam estáveis, com os investidores ainda digerindo a surpreendente decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de cortar a produção em 520 mil barris por dia, como parte de um movimento mais amplo para baixar sua produção em uma tentativa de controlar o que o cartel considera um excedente de petróleo nos mercados globais.

Nos EUA, o banco de investimento Lehman Brothers anunciou prejuízo de US$ 3,9 bilhões no terceiro trimestre fiscal, bem pior que o esperado. Ontem, as ações do banco despencarem 45% e renovaram os temores sobre a capacidade das instituições financeiras de conter as perdas ligadas ao setor hipotecário. Como efeito, as ações do setor financeiro caíram fortemente nos EUA, arrastando as Bolsas em NY. O índice Dow Jones caiu 2,43%.

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que será anunciada hoje à noite, já está precificada e só deve ter algum impacto nos negócios se vier diferente do consenso dos analistas, que é de uma nova elevação na taxa básica de juros, a Selic, de 0,75 ponto porcentual.

(Com informações da Agência Estado e Valor Online)

Leia também:

Leia mais sobre o mercado financeiro brasileiro

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.