Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa tem alta de 0,35%; dólar opera estável a R$ 2,31

SÃO PAULO - Com os índices em Wall Street apontando para cima, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) firma posição em território positivo. Por volta das 12h50, o Ibovespa apontava alta de 0,35%, aos 38.

Valor Online |

643 pontos, com giro financeiro em R$ 540 milhões, baixo para o período do dia.

Em Wall Street, o pregão começa com os investidores na ponta de compra, apesar de alguns resultados pouco animadores, mas dentro do esperado, como os apresentados pela American Express (Amex) e Texas Instruments (TI). Há pouco, Dow Jones subia 0,62%, enquanto o Nasdaq ganhava 0,95%.

Para o economista da Gradual Corretora, André Perfeito, a tomada de posições no mercado brasileiro segue o sinal externo e a expectativa com o pacote de estímulo nos Estados Unidos. Ainda hoje, o presidente norte-americano Barack Obama deve discutir sua proposta com democratas e republicanos.

No front interno, o especialista chama atenção para os dados sobre a concessão de crédito em dezembro. Foi registrado crescimento de 1,6% no comparativo mensal, que levou o estoque para 41,3% do Produto Interno Bruto (PIB) no último mês de 2008, contra 34,2% em 2007.

Na semana que vem, tem início a temporada de balanços no mercado interno e, de acordo com Perfeito, os números não devem ser positivos. Pelas contas do economistas, os resultados corporativos vão refletir a forte retração da atividade no quarto trimestre de 2008, cenário que se repetirá também nos três primeiros meses deste calendário.

No mercado de commodities, o preço do barril do petróleo oscila em território negativo, na casa dos US$ 45 o barril de WTI. No entanto, o efeito sobre as ações da Petrobras é limitado. O papel PN da estatal ainda ganhava 0,29%, para R$ 23,87. Vale PNA subia 0,44%, negociado a R$ 27,07.

Contribuindo para os avanços do dia, Banco do Brasil ON subia 2,26%, a R$ 14,43, dando continuidade ao acentuado ganho de ontem. Ainda no setor, Bradesco PN aumentava 0,99%, para R$ 21,36, e Itaú PN valorizava 0,77%, a R$ 23,30.

As siderúrgicas também ganhavam valor. Usiminas PNA tinha alta de 1,16%, para R$ 27,80, com o terceiro maior volume do dia. CSN ON e Gerdau PN subiam 1,02% e 0,95%, para R$ 35,35 e R$ 158,85, respectivamente.

Na ponta vendedora, Natura ON perdia 2,58%, para R$ 20,75. Copel PNB recuava 1,52%, a R$ 22,00, e Comgás PNB declinava 1,06%, a R$ 31,46.

Fora do índice destaque para os recibos de ações (BDR) da trading agrícola Agrenco. O ativo da empresa que está em recuperação judicial disparada 25%, para R$ 0,25. No lado contrário, as ações ON da Tempo Participações afundava 18,75%, a R$ 3,25.

No câmbio, o dólar segue operando próximo da estabilidade, com os agentes impedindo a queda de preço para baixo de R$ 2,30. Há pouco, a moeda era negociada a R$ 2,31, sem alteração ante o fechamento de ontem. Na mínima da manhã, a divisa chegou a R$ 2,301.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG