Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa tem 8a alta em 10 sessões e belisca 70 mil pontos

Por Aluísio Alves SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista seguiu a trajetória ascendente e emplacou a oitava alta em 10 pregões, apoiada nos ganhos da blue chip Petrobras e dos empresas dos setores siderúrgico, imobiliário e financeiro.

Reuters |

Embora tenha perdido fôlego no final do dia, o Ibovespa fechou valorizado em 0,58 por cento, aos 69.979 pontos, no nível mais alto em oito semanas. O giro financeiro da sessão foi de 8,17 bilhões de reais, consolidando a tendência recente de volume financeiro mais robusto.

"A bolsa seguiu repercutindo a estabilização do mercado de trabalho dos EUA e a redução do temor com a Grécia animaram os investidores a retomar posições em ativos mais arriscados", disse Milton Wagner, sócio da Wagner Investimentos.

O papel preferencial da Petrobras foi a que mais deu força ao índice, subindo 1,4 por cento, a 37 reais, no dia em que a companhia avisou a ANP ter encontrado uma nova reserva de petróleo na camada do pré-sal.

Em relatório, o Goldman Sachs recomendou aos investidores adquirir opções de compra de ADRs da companhia, para quem traçou previsões bastante positivas. E foi justamente a pressão no mercado doméstico de opções, que tem exercício na próxima segunda-feira, um dos fatores que impulsionaram o papel.

Os setores imobiliário e financeiro também deram suporte ao Ibovespa. Em destaque, MRV foi a melhor da carteira, avançando 5,8 por cento, a 13,65 reais. Nos bancos, o líder foi BB, apreciado em 1 por cento, a 30,20 reais.

Em relatório, o Bank of America Merrill Lynch reforçou a recomendação de compra para BB e elegeu o Itaú Unibanco como seu preferido do setor financeiro na América Latina. O papel cresceu 0,4 por cento, a 37,90 reais.

Fora do índice, Telebrás teve outro revés, tombando mais 11 por cento, a 1,51 real. A expectativa de que a ex-gigante estatal comande o Plano Nacional de Banda Larga esfriou novamente após o Ministro das Comunicações, Hélio Costa, ter dito que o governo está enfrentando entraves jurídicos para reativar a companhia.

O tom positivo da sessão foi testado momentaneamente com a notícia de que os estoques no atacado dos Estados Unidos caíram inesperadamente em fevereiro, mas a decepção com esse dado não prosperou em Wall Street, onde os principais índices fecharam no azul, apoiados nos ganhos de ações de bancos.

De todo modo, Vale destoou do otimismo predominante no mercado e recuou 1,3 por cento, para 47,06 reais, mesmo em meio a notícias de jornais asiáticos dando conta de que a companhia está negociando com siderúrgicas chinesas um aumento de 90 por cento nos preços do minério de ferro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG