SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue operando em território positivo, beneficiada pela valorização no preço de algumas matérias-primas. As compras também são estimuladas por uma série de recomendações feitas por analistas estrangeiros para siderúrgicas e bancos. Por volta das 15 horas, o Ibovespa apresentava valorização de 2,49%, aos 54.976 pontos, com giro financeiro de R$ 2,81 bilhões.

Em Wall Street, o pregão é instável, com os investidores recebendo de forma positiva a queda no preço do petróleo, mas olhando com preocupação para o setor financeiro. Há pouco, Dow Jones subia 0,25%, enquanto o Nasdaq avançava 0,22%.

No câmbio, os investidores continuam vendendo dólares pelo terceiro pregão consecutivo. Por volta das 15h, a moeda era transacionada a R$ 1,623 na venda, com queda de 0,24%.

Dentro do Ibovespa, o destaque de alta segue com o papel PNA da Vale, que subia 5,13%, para R$ 37,25, o Goldman Sachs elevou a previsão de lucro da mineradora. Liderando o volume negociado, Petrobras PN subia 3,0%, para R$ 33,61.

As siderúrgicas também ganham valor. O papel ON da CSN subia 4,54%, para R$ 53,38. O Deutsche Bank reiterou recomendação de compra para o papel. Ainda no setor, Usiminas PNA ganhava 4,29%, para R$ 54,90, e Gerdau PN avançava 5,48%, para R$ 29,22.

Entre os bancos, destaque para Itaú PN, com valorização de 3,33%, para R$ 31,25. Bradesco PN ganhava 2,16%, para R$ 29,79, e as units do Unibanco aumentavam 2,28%, para R$ 19,28.

Fora do índice, a ação ON da MMX Mineração disparava 25,79%, para R$ 13,46. O papel subiu depois que saíram relatórios indicando que a companhia pode ser alvo de compra de outras mineradoras.

O papel da Datasul, que está se unindo à Totvs, subia 18,48%, para R$ 7,50. Cabe lembrar que os papéis são negociados, hoje, sem o direito ao recebimento de dividendos referente ao processo de fusão das companhias e tinham implícita uma relação de troca de 0,15% de uma ação da Totvs. Ajustando-se ao processo de compra, o papel começou o dia valendo 63% menos se comparado ao valor de fechamento de ontem.

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.