O índice Bovespa, que hoje opera em alta desde o início do pregão, ampliou os ganhos no começo da tarde e subia 4,35% a 48.028 pontos, às 13h40, na máxima do dia até este horário.

O volume de negócios somava R$ 2,09 bilhões. As ações mais negociadas, Petrobras PN e Vale PNA, valorizavam respectivamente 3,91% e 5,61%. Ontem o Ibovespa despencou 9,36%, a maior queda desde a desvalorização cambial, em 14 de janeiro de 1999, por causa da rejeição pelo Congresso dos EUA do pacote de socorro aos bancos, de US$ 700 bilhões.

As Bolsa brasileira acompanha a recuperação das Bolsas americanas. O índice Dow Jones subia 2,60% a 10.634 pontos, após ter registrado ontem a maior queda em pontos de sua história. O Nasdaq operava em alta de 3,26% a 2.048 pontos e o S&P 500 avançava 3,26% a 1.142 pontos.

No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial devolve hoje parte da forte valorização de 6,15% registrada ontem. Às 13h36, o dólar comercial era negociado a R$ 1,925, em baixa de 2,14%. A taxa mínima do dia até agora foi de R$ 1,92 e a máxima ficou em R$ 1,939. Ontem o dólar havia fechado a R$ 1,967.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.