SÃO PAULO (Reuters) - A tiracolo da reversão de última hora em Wall Street, a Bolsa de Valores de São Paulo virou para o azul, após ter testado as mínimas em 17 meses no início dos negócios desta terça-feira. O Ibovespa fechou com valorização de 1,2 por cento, aos 48.995 pontos.

A volatilidade calibrou o giro financeiro do pregão para 6,2 bilhões de reais, um dos maiores do mês.

Os investidores repercutiram comentários de que o governo dos Estados Unidos estaria preparando um pacote para salvar a seguradora AIG da bancarrota.

O rumor não foi confirmado pelas autoridades governamentais, mas foi suficiente para acalmar momentaneamente o temor do mercado com a crise financeira nos Estados Unidos. O índice Dow Jones fechou com ganho de 1,3 por cento.

Na Bovespa, a reviravolta foi puxada pelas ações de maior liquidez. As preferenciais da Petrobras avançaram 3,9 por cento, a 30,95 reais, mesmo depois de o barril de petróleo ter caído ao menor patamar em sete meses.

(Reportagem de Aluísio Alves)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.