A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue operando no terreno positivo nesta terça-feira. Por volta das 11h40, o Ibovespa marcava alta de 1,47%, aos 57.298 pontos.

Ontem a Bovespa iniciou uma recuperação das perdas das últimas semanas e fechou em alta de 1,55%.

A quarta-feira apresenta fraca agenda de indicadores tanto no âmbito doméstico quanto no externo. A atenção mesmo se dirige para o preço das commodities, em especial o petróleo, que vem contribuindo para reduzir as preocupações com a inflação em âmbito global, mas tira atratividade dos ativos negociados Bovespa.

Expectativa também quanto à possibilidade de uma ressaca pós-decisão do Federal Reserve (Fed), que ontem optou pela manutenção da taxa básica norte-americana em 2% ao ano, sinalizando atenção à inflação e preocupação com o crescimento.

As bolsas aqui e lá fora tiveram valorização nos dias de reunião do Fed e queda acentuada do pregão seguinte. Isso foi observado nos encontros de junho, março e janeiro deste ano. A exceção foi o encontro de abril.

Dólar

O dólar vem operando em alta nesta quarta-feira. Por volta das 11h40, a moeda americana subia 0,38%, cotado a R$ 1,581. Na terça-feira, a moeda subiu 0,77% e fechou os negócios cotada a R$ 1,573.

Leia também:

  • Bolsas da Ásia registram avanços no fim dos negócios

    Leia mais sobre Bovespa - dólar

    • Leia tudo sobre: bovespa
      Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.