Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa segue em queda; dólar sobe

SÃO PAULO - O humor dos investidores no Brasil e em Wall Street não mudou após a aprovação do plano de estímulo econômico dos EUA pelos senadores americanos

Redação com agências |

 

Por volta das 15h50, o Ibovespa tinha queda de 1,11%, aos 41.631 pontos.

Nos Estados Unidos, os mercados também caem depois do anúncio do pacote de socorro aos bancos. Por volta da 15h40, Dow Jones recuava 3,28% e Nasdaq marcava queda de 2,71%.

A aprovação do plano, que prevê mais de US$ 800 bilhões em renúncia fiscal e investimentos, perde importância para as medidas anunciadas pouco antes para tentar revitalizar o setor financeiro.

Muito do que foi falado já tinha sido antecipado pelo mercado, como o teste de estresse nas instituições financeiras e ajuda para os devedores hipotecários.

O que pode ter decepcionado é que a criação do fundo baseado em uma parceria público-privada não foi detalhada. O projeto utilizará dinheiro publico para alavancar o crédito privado. A expectativa é que ele gere uma capacidade de financiamento de até US$ 1 trilhão, mas deve começar com uma base de US$ 500 bilhões.

Outro ponto que ficou faltando e que era bastante esperado era a criação do "bad bank", que concentraria os ativos podres das instituições financeiras. Não ficou claro se o projeto para o fundo público-privado contemplará esse tipo de ação.

O Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, também fará parte do plano, e já anunciou que pode elevar o seu programa de compra de ativos relacionados a crédito ao consumo de US$ 200 bilhões para US$ 1 trilhão. Essa medida também busca aumentar o crédito para pessoas físicas e empresas.

O dia ainda reserva um discurso do presidente do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, Ben Bernanke, que falará ao Comitê de Serviços Financeiros da Câmara.

Câmbio

A incerteza nos EUA estimula a compra de dólares que ganha valor sobre o euro e a libra. Por aqui, a moeda norte-americana também tem alta, recuperando, assim, parte das perdas de 3,7% acumuladas nas últimas cinco sessões. O dólar opera com valorização de 1,61%, para R$ 2,274.

(Com informações do Valor Online)

Leia tudo sobre: bolsa e dólar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG