Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa segue em baixa e já apresenta desvalorização em 2009

SÃO PAULO - O petróleo em baixa e a contínua preocupação com o setor financeiro estimulam as vendas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Por volta das 14h50, o Ibovespa perdia 1,59%, para 37.

Valor Online |

379 pontos, com giro financeiro em R$ 1,84 bilhão. Com tal pontuação, o índice passa a registrar queda de 0,45% no acumulado de 2009.

Em Wall Street, o dia também é de baixa, com o Dow Jones recuando 1,42%, enquanto o Nasdaq perdia 1,22%. O setor financeiro segue como fonte de preocupação depois que saíram notícias apontado que o Bank of America precisará de mais alguns bilhões de dólares do Tesouro dos EUA para conseguir digerir a aquisição do Merrill Lynch.

Os investidores também receberam os resultados do JP Morgan, que lucrou US$ 702 milhões no trimestre, resultado dentro do esperado, mas 76% menor na comparação anual. Após a apresentação do resultado, a agência de classificação de risco Moody ? s rebaixou o rating do banco.

Repetindo o movimento de ontem, os bancos brasileiros seguem os pares internacionais e caem de forma acentuada. Itaú PN perdia 3,98%, a R$ 23,39, Bradesco PN cedia 1,71%, a R$ 20,65, e Unibanco unit se desvalorizava 3,60%, a R$ 13,09.

Destoando, a ação PN do BicBanco ganhava 11,25%, para R$ 4,45, refletindo rumores de que o Bradesco negocia a compra da instituição.

Seguindo o preço das commodities, Petrobras PN recuava 1,88%, a R$ 22,86, Vale PNA perdia 1,98%, a R$ 25,19, e CSN ON valia 2,71% menos, a R$ 32,31. Hoje, Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reduziu sua previsão para demanda mundial de óleo.

À parte da instabilidade, Net PN subia 5,10%, para R$ 14,20, Gol PN tinha alta de 3,59%, a R$ 10,38, e Perdigão ON avançava 3,07%, para R$ 31,52.

Refletindo o ambiente de incerteza e aversão ao risco, o dólar registra o quarto dia seguido de alta ante o real. O Banco Central já vendeu moeda no mercado à vista, mas a autuação não afetou o preço. Há pouco, o dólar comercial valia R$ 2,380 na venda, alta de 1,44%.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG