Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa segue em alta, apoiada em Vale e empresas aéreas

SÃO PAULO - O preço das commodities continua recuando no mercado externo, mas a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) consegue se manter em território positivo. Com alta nas ações da Vale e das aéreas, por volta da 13 horas, o Ibovespa subia 0,22%, para 59.781 pontos, com giro financeiro em R$ 2,57 bilhões.

Valor Online |

 

O desempenho da bolsa não é melhor devido à queda nas ações da Petrobras. De acordo com o diretor da Corretora Socopa, Daniel Doll Lemos, o recuo no preço do petróleo pressiona as ações da estatal e, conseqüentemente, a bolsa como um todo. Há pouco, o papel PN perdia 2,05%, para R$ 36,66, e o ON desvalorizava 0,26%, para R$ 34,20.

No entanto, a baixa na Petrobras é compensada pela recuperação nas ações PNA da Vale, que subiam 1,62%, para R$ 40,55. O menor preço do petróleo beneficia as empresas aéreas. Gol PN liderava os ganhos dentro do índice, subindo 6,47%, para R$ 16,44. TAM PN vinha logo atrás, ganhando 5,50%, para R$ 33,92.

Lemos aponta que, apesar da bolsa brasileira apresentar uma perspectiva positiva para o médio de longo prazo, a crise nos Estados Unidos e os efeitos disso na economia real continuarão trazendo instabilidade ao mercado. Lá fora segue bastante volátil e não temos com fugir.

Ainda de acordo com o especialista, outra questão com potencial de mexer com o mercado é a possibilidade cada vez maior de alta de juros nos Estados Unidos.

Lemos observa que o mercado está tentando enxergar até quando o Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, consegue manter o atual nível de taxa de 2% ao ano, estabelecido depois de cortes realizados entre setembro do ano passado e abril de 2008.

De volta ao mercado interno, bom desempenho também para Sadia PN, com alta de 3,89%, para R$ 12,00. Ambev PN ganhava 2,86%, para R$ 94,50.

Valorização também para o papel PNA da Suzano Papel e Celulose. O ativo subia 4,39%, para R$ 25,89. A companhia fechou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 185,56 milhões, montante 7,8% maior na comparação com igual período do ano passado. A empresa anunciou um plano de investimento para ampliar sua capacidade de produção.

Ainda fora do índice, destaque para a ação ON da BR Malls, que subia 9,82%, para R$ 12,85. Alguns analistas se deram conta de que o papel ficou muito barato depois da acentuada perda dos últimos meses.

Em Wall Street, o petróleo em baixa e alguns resultados trimestrais positivos seguravam os índices em alta. Há pouco, Dow Jones aumentava 0,32%, enquanto o Nasdaq subia 1,29%.

Dólar

No câmbio, o dólar volta a ganhar valor contra o real. Contribuindo para a alta, o Banco Central (BC) já efetuou leilão de compra no mercado à vista, enxugando o excesso de moeda estrangeira. Há pouco, o divisa valia R$ 1,584 na venda, apreciação de 0,31%.

Leia também:



Leia mais sobre Bovespa - dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG