Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa registra queda de 0,54%; dólar avança 0,46%, a R$ 2,383

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa a quarta-feira de forma instável, depois da forte valorização do pregão de ontem, quando o Federal Reserve (Fed), banco central americano, surpreendeu o mercado cortando a taxa de juros de 1% ao ano para uma banda de zero a 0,25%. Com cerca de meia hora de pregão, o Ibovespa perdia 0,54%, aos 39.

Valor Online |

779 pontos, com giro financeiro em R$ 228 milhões. Somando instabilidade ao pregão, acontece hoje o vencimento do índice futuro.

Em Wall Street os negócios só começam mais tarde, mas a indicação é de abertura em território negativo. Na Europa, Londres oscilava entre ganhos e perdas.

No setor financeiro, atenção para os resultados trimestrais do Morgan Stanley. O banco apresentou prejuízo de mais de US$ 2 bilhões no quarto trimestre. A receita foi positiva em US$ 1,8 bilhão, ante resultado negativo de US$ 400 milhões no último trimestre de 2007.

No mercado de commodities, o preço do petróleo ajustava para cima, com a sinalização de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) vai promover um corte recorde de 2 milhões de barris por dia na sua produção.

Seguindo o comportamento da moeda no mercado externo, o dólar recuperava as perdas da abertura e ganhava valor ante o real. Depois de cair a R$ 2,312 na mínima, há pouco, a divisa subia 0,46%, para R$ 2,383.

O Banco Central realiza hoje leilão de linha, no qual vende dólares à vista com compromisso de recompra, e também faz nova rolagem dos contratos de swap que vencem em janeiro de 2009.

Dentro da Bovespa, o bom desempenho das ações da Petrobras limitava as perdas do dia. Há pouco, o papel PN da estatal aumentava 0,42%, a R$ 23,90, e a ação ON subia 0,34%, a R$ 28,95.

Puxando as perdas, Vale PNA recuava 0,11%, a R$ 25,90. Os bancos também perdiam valor com a ação PN do Bradesco desvalorizando 0,77%, para R$ 25,70. Itaú PN caía 0,83%, para R$ 29,55.

Devolvendo o ganho expressivo de ontem, Duratex PN tinha perda de 3,92%, para R$ 16,16. VCP PN recuava 3,61%, para R$ 17,32, e NET PN desvalorizava 3,66%, negociada a R$ 14,45.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG