Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa registra forte desvalorização; dólar segue em alta

SÃO PAULO - O sinal externo negativo segura a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) em baixa e o ritmo de venda ganhou força depois de mais uma rodada de indicadores negativos no mercado norte-americano. No começo da tarde desta terça-feira, o Ibovespa registra uma desvalorização de 4,12%, a 37.916 pontos.

Redação com Valor Online |

 

Em Wall Street, a sinalização dada pelo mercado futuro é de baixa, com a agenda de indicadores do dia impondo cautela aos investidores. Por volta das 11h30, serão apresentadas as vendas no varejo e o índice de preços de importação. Também é aguardado o nível de estoque nas empresas. À tarde, o Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, divulga o Livro Bege.

Foco também no setor financeiro. Ontem à noite, o Citigroup e o Morgan Stanley confirmaram um acordo para juntar seus negócios de corretoras de valores. No final da operação o Citi deve embolsar US$ 5,8 bilhões.

Na Europa, as ações do Deutsche Bank caem forte depois do alerta de prejuízo de 4,8 bilhões de euros para o quarto trimestre. Ainda na região, os papéis do HSBC recuam em Londres. Um relatório do Morgan Stanley apontou que o banco precisa levantar US$ 30 bilhões e cortar dividendos para ajustar o caixa.


O pregão de ontem foi bastante instável, mas a recuperação de preço de algumas matérias-primas chamou compradores de volta à Bovespa, que garantiu valorização de 0,36%, para 39.544 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 3,66 bilhões.

Na Ásia, a quarta-feira foi de recuperação. Tóquio apontou ganho de 0,29%, e Seul valorizou 1,28%. Na China, Xangai e Hong Kong subiram 3,52% e 0,27%, respectivamente. Hoje, a China divulgou uma revisão no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2007, de 11,9% para 13%. 

Câmbio

A mudança no cenário internacional atingiu o dólar, que deixou para trás a tendência de queda do início dos negócios e passou a operar em alta. Por volta das 14h, a moeda americana indicava um ganho de 0,99% ante o real, cotada a R$ 2,350.

Leia mais sobre Bovespa - dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG