SÃO PAULO - Embora tenha reduzido as perdas e retomado os 69 mil pontos, o Ibovespa segue operando no vermelho na jornada desta sexta-feira. Por volta das 14h25, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que chegou a recuar para 68.831 pontos na mínima do dia, cedia 0,31%, aos 69.

SÃO PAULO - Embora tenha reduzido as perdas e retomado os 69 mil pontos, o Ibovespa segue operando no vermelho na jornada desta sexta-feira. Por volta das 14h25, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que chegou a recuar para 68.831 pontos na mínima do dia, cedia 0,31%, aos 69.174 pontos, com giro financeiro de R$ 3,063 bilhões. Nos Estados Unidos, o índice Dow Jones subia 0,18%, enquanto o S & P 500 ganhava 0,16% e o Nasdaq tinha desvalorização de 0,11%. No continente europeu, o pedido de ativação do plano de resgate acertado entre líderes europeus e o Fundo Monetário Internacional (FMI) pela Grécia trouxe um alívio para os investidores e gerou ganhos nas bolsas. Em Londres, o índice FTSE-100 subiu 1,03%, aos 5.724 pontos; em Paris, o CAC-40 ganhou 0,68%, para 3.951 pontos; e, em Frankfurt, o DAX atingiu 6.260 pontos, com avanço de 1,47%. No front nacional, as ações PN da Petrobras inverteram a trajetória e passaram a avançar, contribuindo para a redução da queda do Ibovespa. Há instantes, os papéis tinham alta de 0,32%, para R$ 33,71, e giravam R$ 215,2 milhões. Já as ações PNA da Vale cediam 1,10%, para R$ 49,14, com volume movimentado de R$ 462,2 milhões. No início da tarde, figuravam entre as maiores altas do Ibovespa os papéis Gerdau PN, com ganhos de 2,12%, a R$ 30,32, as ações ON da Souza Cruz, com valorização de 2,04%, a R$ 66,84, e Cemig PN, com apreciação de 1,38%, a R$ 30,80. Já entre as principais baixas estavam TIM Participações ON, com queda de 2,56%, a R$ 6,09, PDG Realty ON, com depreciação de 1,82%, a R$ 15,60, e Telesp PN, com recuo de 1,80%, a R$ 34,27. No mercado cambial, passada a volatilidade registrada na manhã, o dólar operava estável, cotado a R$ 1,765 na venda. O Banco Central (BC) já realizou leilão de compra da moeda no mercado à vista, com taxa de corte de R$ 1,7633. (Beatriz Cutait | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.