Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa pode registra novo pregão de alta

SÃO PAULO - Seguindo a sinalização proveniente da Europa e dos Estados Unidos, o índice futuro sugere abertura de pregão em alta na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Há pouco, o Ibovespa com vencimento em dezembro subia 0,84%, a 35.

Valor Online |

900 pontos.

Pregão positivo também se desenha em Wall Street, com os investidores mantendo o otimismo à espera de uma solução para o setor automobilístico. As montadoras voltam ao Congresso dos EUA hoje para uma série de audiências nas quais pretendem convencer os legisladores a liberar US$ 34 bilhões para o setor.

O sindicato United Auto Workers (UAW) também participa da sessão. Ontem seus líderes votaram a favor de flexibilizar os planos de emprego e aposentaria.

A agenda do dia ainda reserva os pedidos semanais por seguro-desemprego e as encomendas à industria norte-americana.

Na Europa, os índices operam em alta, com os agentes recebendo de forma positiva a redução de juros no Reino Unido. Conforme o esperado, o Banco da Inglaterra (BoE) reduziu a taxa básica em 1 ponto percentual, para 2% ao ano. Em breve, o Banco Central Europeu (BCE) apresenta sua decisão - a expectativa é de corte de 0,5 ponto percentual, com juros caindo para 2,75%.

Há pouco, o índice FTSE-100, da Bolsa de Londres, registrava valorização de 0,93%, enquanto o Xetra-DAX, de Frankfurt, subia 2,39%.

No setor financeiro, o Credit Suisse anunciou que cortará 5,3 mil empregos, ou 11% de sua força de trabalho, depois de registrar prejuízo de US$ 2,5 bilhões nos dois primeiros meses do quarto trimestre.

Por aqui, atenção ao preço do dólar, que sobe pelo sexto pregão consecutivo e beira os R$ 2,50. Logo no começo dos negócios, a divisa avançou mais de 1%, batendo R$ 2,522. Há pouco, a divisa valia R$ 2,484 na venda, elevação de 0,36%. Conforme os analistas, a alta no preço da divisa reflete tanto a saída de recursos quanto especulação contra a real.

A quarta-feira foi mais um dia de instabilidade, com os investidores assimilando uma nova rodada de indicadores negativos sobre a economia norte-americana. Após perdas no começo do dia, as compras acabaram prevalecendo tanto aqui quanto em Wall Street.

O Ibovespa encerrou com alta de 0,85%, aos 35.296 pontos, com giro financeiro em R$ 3,42 bilhões. Em Nova York, o Dow Jones subiu 2,05%, e a bolsa eletrônica Nasdaq ganhou 2,94%.

Na Ásia, as bolsas fecharam a quinta-feira sem tendência definida.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG