Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa pode passar por realização de lucros nesta segunda-feira

SÃO PAULO - Seguindo a sinalização proveniente do mercado norte-americano, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deve começar a semana em baixa. A indicação é dada pelo Ibovespa futuro que opera em território negativo na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F).

Valor Online |

Há pouco, o contrato com vencimento em fevereiro perdia 0,24%, para 40.800 pontos.

Tanto aqui quanto em Wall Street os investidores se mostram inclinados a embolsar parte dos ganhos da sexta-feira, quando o Dow Jones subiu forte, retomando os 9 mil pontos e o Ibovespa recuperou o patamar dos 40 mil.

O primeiro dia útil do ano foi marcado por certa euforia entre os agentes, que receberam de forma positiva as novas medidas de estímulo econômico na Ásia enquanto assimilavam as notícias sobre um novo plano de ajuda à economia dos Estados Unidos. Diversas reportagens apontam que a equipe do presidente eleito, Barack Obama, estaria preparando um pacote de cerca de US$ 775 bilhões, sendo US$ 300 bilhões em corte de impostos.

Hoje, a agenda reserva os gastos com construção nos Estados Unidos e as montadoras apresentam as vendas de dezembro. O destaque da semana fica com o relatório sobre o mercado de trabalho, agendado para a sexta-feira.

Na Europa, os índices operam em território positivo, ajustando preços à forte valorização observada em Wall Street na sexta-feira. Há pouco, o FTSE-100, da Bolsa de Londres, ganhava 0,08%, enquanto Xetra-DAX, de Frankfurt, subia 0,24%.

Atenção também para o preço do petróleo, que operam em alta, refletindo o corte de gás que a Rússia impôs à Ucrânia e a continuidade dos conflitos entre judeus e palestinos na Faixa de Gaza.

No mercado de câmbio, o dólar apresenta valorização contra o euro e o iene, mas perde para a moeda brasileira. Depois de um começo de pregão em alta, há pouco, o dólar comercial era negociado a R$ 2,322 na venda, queda de 0,47%.

Na sexta-feira, o forte desempenho do setor de commodities e dos bancos resultou em alta de 7,17% para o Ibovespa, que encerrou aos 40.244 pontos, patamar não observado desde o começo de novembro. O giro financeiro ficou em R$ 2,25 bilhões. Já em Wall Street, o Dow Jones ganhou 2,94%, para 9.034 pontos, e o Nasdaq teve valorização de 3,5%.

Os mercados asiáticos tiveram uma segunda-feira de valorização, reflexo do bom desempenho dos indicadores norte-americanos na semana passada. Tóquio puxou a fila avançando 2,07%. Seul ganhou 1,4%. Na china, Xangai e Hong Kong valorizaram 3,29% e 3,46%, respectivamente.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG