Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa passa a operar perto da estabilidade; dólar sobe

As ordens de venda perdem força tanto na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) quanto em Wall Street, com os investidores mostrando algum otimismo antes da votação do plano de resgate do setor financeiro pelos senadores norte-americanos. Depois de perder mais de 3,8% pela manhã, por volta das 16h10 o Ibovespa tinha desvalorização de 0,10%, para 49.489 pontos.

Redação com agências |

 

Acordo Ortográfico

Em Wall Street, as ordens de venda perdem um pouco de força, com o Dow Jones recuando 0,55%, depois das acentuadas quedas da manhã. Já a bolsa eletrônica Nasdaq cai 1,15%.

A expectativa de que o plano dos Estados Unidos para reanimar o setor financeiro do país irá para frente contribuía para o desenrolar do pregão, mas, cerca de uma hora depois da abertura dos negócios no mercado doméstico americano, o ISM informou que o índice de atividade industrial nacional (gerentes de compras) de setembro ficou em 43,5 em setembro, ante previsão de 49,5. O dado levou a perdas mais fortes nos mercados financeiros.

É o dado mais fraco desde outubro de 2001 e sinalizando contração da atividade econômica nos EUA. Em agosto, este índice estava em 49,9. Já os gastos com construção nos EUA ficaram estáveis em agosto, ante previsão de queda de 0,5%.

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, indicou que os países membros estão pensando em criar um sistema comum para proteger os depósitos bancários dos particulares no continente.

Na Ásia, Tóquio fechou em alta de 0,96%, depois da queda de 4,12% da véspera. Taiwan subiu 0,78%, mas as autoridades financeiras suspenderam por duas semanas as vendas a descoberto.

Expectativa

O Senado americano votará novamente na noite desta quarta-feira o plano de resgate do setor bancário de US$ 700 bilhões, após sua rejeição segunda-feira pela Câmara dos Representantes, que provocou um desabamento em Wall Street.

O presidente americano, George W. Bush, prometeu aos americanos e aos "cidadãos do mundo" que não era "o fim do processo legislativo". "Minha administração vai continuar trabalhando estreitamente com os dirigentes dos dois partidos", republicano e democrata, no Congresso, garantiu.

Eles respondeu assim indiretamente aos apelos das autoridades políticas de outros países, como a chanceler alemã, Angela Merkel, por um voto rápido do plano, "para restaurar a confiança dos mercados".

O plano revisado que o Senado vai estudar prevê US$ 250.000 de teto de garantia aos correntistas em caso de quebra de seus bancos. Os candidatos à Casa Branca, Barack Obama e John McCain, que haviam lançado esta proposta terça-feira, irão ao Senado na noite desta quarta-feira.

Dólar

A moeda americana volta a ganhar valor ante o real nesta quarta-feira. Por volta das 15h15, a moeda era transacionada a R$ 1,927 na venda, alta de 1,10%.

(Com AFP e Agência Estado)

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião


Leia mais sobre as Bolsas mundiais e a crise

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG