Com o início do horário de verão no Brasil, as negociações da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) passam a ser das 11 horas às 18 horas no pregão regular a partir desta segunda-feira. O after market irá operar, ininterruptamente, das 18h30 às 19h30.

A Bolsa de Tóquio opera das 22 horas às 4 horas (de Brasília). As principais bolsas européias operam das 5 horas às 13h30 (de Brasília).

O mercado norte-americano de ações opera das 11h30 às 18 horas (de Brasília). No pregão viva-voz da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), contratos futuros de petróleo e derivados são negociados das 11 horas às 16h30 (de Brasília). Na Comex, divisão de metais da Nymex, contratos futuros de cobre são negociados das 10h10 às 15 horas (de Brasília), futuros de prata das 10h25 às 15h25 (de Brasília) e futuros de ouro das 10h20 às 15h30 (de Brasília).

A Bolsa de Buenos Aires opera das 12h às 18h (hora local e de Brasília), adaptando-se aos horários da Bolsa de Nova York.

A maioria dessas diferenças de horário vai sofrer mudanças novamente em 26 de outubro, quando a Europa e o México saem do horário de verão, e em 2 de novembro, quando o horário de verão termina nos EUA e no Canadá.

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.