Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa opera em queda; dólar sobe

SÃO PAULO - A queda no preço das commodities fala mais alto do que o bom desempenho do setor financeiro e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) firma posição em território negativo. Por volta das 14h50, o Ibovespa desvalorizava 0,95%, para 54.635 pontos, com giro financeiro em R$ 2,61 bilhões.

Valor Online |

 

Em Wall Street, os investidores seguem atuando na ponta compradora, mas o ímpeto é menos acentuado do que aquele observado pela manhã. Há pouco, o Dow Jones subia 0,87%, mas o Nasdaq já devolvia os ganhos, recuando 0,11%.

No câmbio, o dólar caminha para o quarto pregão consecutivo de alta ante o real, voltando a patamares de preço não observados desde maio. Há pouco, a moeda valia R$ 1,662 na venda, com ganho de 0,97%.

Puxando as perdas dentro do Ibovespa, Petrobras PN caía 3,24%, para R$ 33,10. Logo atrás vinha o papel PNA da Vale, que desvalorizava 1,62%, para R$ 36,89. Perda também para as siderúrgicas, com o ativo ON da CSN recuando 4,19%, para R$ 54,61.

Baixa acentuada também para o papel ON da BM & FBovespa, que era negociado a R$ 12,29%, queda de 4,35%.

Segurando uma perda mais acentuada do índice, os bancos continuam operando em território positivo, alinhados com seus pares internacionais. O papel PN do Bradesco avançava 2,81%, para R$ 30,31, Itaú PN subia 2,16%, para R$ 31,12, e Banco do Brasil ON valorizava 0,99%, para R$ 23,26.

Destaque de alta para o papel PN da Vivo, que ganhava 8,16%, negociado a R$ 8,88. A baixa no preço do petróleo favorece as aéreas. TAM PN subia 6,53%, para R$ 34,41, e Gol PN aumentava 3,46%, para R$ 15,51.

Fora do índice, baixa acentuada para o ativo ON da OGX Petróleo, que registrava queda de 8,01%, cotado a R$ 525,00. SCL Agrícola ON desvalorizava 4,24%, para R$ 20,30.

Leia mais sobre Bovespa - dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG