Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa opera em baixa, seguindo exterior; dólar sobe

SÃO PAULO - Os investidores retomam os negócios desta repercutindo itens importantes da agenda doméstica, como a ata da do Comitê de de Política Monetária (Copom), e também indicadores de nível de emprego nos Estados Unidos. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operava, por volta de 15h40, em baixa de 5,37%, aos 35.775 pontos.

Redação com Valor Online |

 

O dólar abriu em alta e, por volta de 15h40, tinha valorização de 4,15%, cotado a R$2,206. O Banco Central agiu duas vezes no mercado cambial hoje. Na primeira intervenção, pela manhã, o BC realizou leilão de venda direta de dólares, ou seja, sem compromisso de recompra. A taxa de corte ficou em R$ 2,146. À tarde, foi feito um leilão de contratos de swap cambial, já programado desde ontem.

Foi vendido o equivalente a US$ 426,9 milhões. Neste tipo de operação, a autoridade monetária assume posição vendedora em câmbio e compradora em taxa de juros.

Na quarta-feira, o dólar comercial valorizou 0,33%, a R$ 2,117 a compra e R$ 2,119 na venda.

Bovespa

Seguindo a sinalização externa, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deve registrar mais uma sessão de queda. A sessão de ontem foi de realização de lucros, depois que acumulou alta de mais de 35% em seis pregões. O índice fechou o dia com perda de 6,13%, aos 37.785 pontos, com giro financeiro de R$ 4,53 bilhões.

Exterior

Novo dia de baixa também se desenha em Wall Street, onde persistem as preocupações com a retração da atividade econômica. A Bolsa de Nova York operava em baixa, repetindo a tendência da véspera, em um mercado que continua ansioso com a crise da economia americana. O Dow Jones perdia 0,55% e o Nasdaq caía 1,15%.

A agenda do dia é pouco relevante com dados semanais sobre seguro desemprego e a produtividade do trabalhador no terceiro trimestre.

Ontem, em Wall Street as vendas também foram acentuadas, com Dow Jones e Nasdaq recuando 5,05% e 5,53%, respectivamente.

Na Europa, a quinta-feira é de baixa, mas as vendas perderam força depois que o Banco da Inglaterra (BoE) surpreendeu os investidores cortando a taxa básica do país em 1,5 ponto percentual. Com isso, o custo do dinheiro no Reino Unido caiu de 4,5% para 3% ao ano.


Indicadores

No Brasil, os agentes buscaram na  ata do Copom a orientação sobre o nível de preocupação do colegiado com riscos inflacionários e de crescimento, em busca de sinalizações sobre o futuro da Selic.

Antes disso, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) anunciou o resultado da inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) de outubro.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou o primeiro prognóstico de safra de 2009 e o levantamento sistemático de produção agrícola no país relativo a outubro.

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: dolar bovespa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG