Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa opera em baixa pelo terceiro dia

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda nos negócios desta segunda-feira, pelo terceiro pregão consecutivo. Por volta das 11 horas, o Ibovespa recuava 0,30%, a 69.

Valor Online |

132 pontos, com giro de R$ 848,2 milhões.

O mercado brasileiro acompanha as bolsas americanas, que também registra perdas. Há pouco, o índice Dow Jones cedia 0,19%, enquanto Nasdaq caía 0,42% e S & P 500 declinava 0,34%.

Dentro do Ibovespa, Petrobras PN concentrava o volume negociado, com giro de R$ 120,6 milhões. As ações subiam 0,29% há pouco, a R$ 37,17. Já os papéis Vale PNA tinham queda de 0,08%, a R$ 46,37. Hoje acontece o vencimento de opções sobre ações no mercado brasileiro.

Entre as maiores altas do índice, estão os papéis PN da NET, com elevação de 1,97%, a R$ 23,70, seguidos pelas ações PNB da Eletrobras, com valorização de 1,16%, a R$ 31,23, e pelas ações ON da Natura, com alta de 1,14%, a R$ 34,40.

No sentido oposto, figuravam entre as maiores perdas as ações ON da Duratex, com decréscimo de 1,47%, a R$ 16,65, os papéis ON da MRV, com baixa de 1,49%, a R$ 13,20, e os ON da B2W, com depreciação de 1,95%, a R$ 39,60.

Entre as empresas que apresentaram resultado, a MMX, do Grupo EBX, fechou o quarto trimestre de 2009 com prejuízo de R$ 65,229 milhões, mais enxuto do que o resultado de um ano antes, quando a perda foi de R$ 507,224 milhões. A companhia registrou ainda receita bruta de R$ 133,213 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, uma retração de 24% em relação aos R$ 174,327 milhões verificados em igual intervalo do exercício antecedente. Os papéis ON da MMX recuavam, minutos atrás, 0,92%, a R$ 13,90.

No setor de telecomunicações, a Oi teve prejuízo de R$ 365 milhões no quarto trimestre de 2009. Um ano antes, obteve lucro pró-forma de R$ 13 milhões. Em 2009 completo, o prejuízo líquido foi de R$ 436 milhões.

Há instantes, as ações PNA da Telemar caíam 0,92%, a R$ 52,51, enquanto os papéis ON da Telemar subiam 0,30%, a R$ 39,62, e os PN da empresa se apreciavam em 0,36%, a R$ 33,26.

Ainda no mercado corporativo, ontem à noite, foi assinado um acordo entre a Monticiano Participações, da GP Dairy, e da Laep Investments, detentora do licenciamento da marca italiana Parmalat, dando contorno à criação de uma nova empresa de laticínios, para brigar com as grandes companhias do setor.

Há pouco, os recibos de ações da Laep disparavam 9,09%, a R$ 1,80. Os ativos estavam entre os mais negociados do Ibovespa, com giro de R$ 77,8 milhões.

No câmbio, as ordens de venda voltaram a ganhar força no início do dia, mas a moeda já começava a inverter a trajetória. Depois de declinar a R$ 1,762 na mínima da manhã, o dólar comercial era negociado a R$ 1,766 na venda, alta de 0,05%.

(Beatriz Cutait | Valor)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG