Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa opera em alta; dólar passa a cair

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera no positivo nesta quarta-feira. O pregão indica alta de 5,26%%, aos 36.645 pontos.

Redação com Agência Estado |

 

O pregão sofre influência do desempenho favorável das matérias-primas (commodities) no mercado internacional. Os contratos futuros de petróleo e os metais ampliaram o sinal de alta em reação ao anúncio de corte de juro do banco central da China. O Banco do Povo da China reduziu a taxa de referência de depósitos e a de empréstimo em 1,08 ponto porcentual, para estimular a demanda interna. Foi o corte mais agressivo das taxas desde 1999, no meio da crise asiática. A China também baixou o compulsório dos bancos.

No caso de Petrobras, há expectativa para ver como o mercado vai reagir ao anúncio feito ontem à noite sobre a descoberta de hidrocarbonetos no poço 1-BRSA-669-BAS (1-BAS-147), localizado ao sul da Bacia do Jequitinhonha, em reservatórios arenosos acima da camada de sal. Ainda no horário citado acima, as ações ordinárias (ON) e preferenciais (PN) da estatal petrolífera caíam 2,47% e 1,86%, respectivamente, enquanto o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em janeiro subia 1%, a US$ 51,28 o barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês).

A alta volatilidade pode ser explicada por causa da enxurrada de indicadores econômicos que serão divulgados nos Estados Unidos hoje, véspera de feriado de Ação de Graças no país.

Ontem, a Bovespa subiu 1,83%, reagindo ao anúncio do plano de socorro ao setor imobiliário do Fed no valor de US$ 800 bilhões.

Dólar

A moeda americana inverteu sua tendência de alta no começo da tarde desta quarta-feira. O dólar é cotado a R$ 2,279, uma baixa de 2,02%.

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG