Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa opera em alta de 1,11%; dólar avança 3,49%, a R$ 2,401

SÃO PAULO - Acompanhando a sinalização proveniente do mercado norte-americano, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue operando em território positivo. Por volta das 14h40, o Ibovespa ganhava 1,11%, para 35.

Valor Online |

126 pontos, com giro financeiro em R$ 1,58 bilhão.

Em Wall Street, o pregão também é de alta com o humor dos investidores restaurado pelas declarações do presidente da Ford, Alan Mulally, de que a companhia tem dinheiro suficiente para passar todo o ano de 2009 e talvez não precise de ajuda do governo. Há pouco, o Dow Jones ganhava 2,26%, enquanto a Nasdaq se valorizava 2,74%.

Hoje, as três grandes montadoras dos EUA voltaram ao congresso norte-americano apresentando planos e tentando convencer os congressistas a emprestar US$ 25 bilhões para evitar um colapso do setor. A Ford foi a primeira, General Motors e Chrysler, que estão em situação mais complicada, apresentam seus planos ainda hoje.

A Ford pretende completar sua reestruturação sem precisar dos US$ 9 bilhões que pediu ao governo, mas aponta que tal injeção de recursos pode ser necessária caso a crise se agrave muito ou um de seus concorrentes venha a pedir concordata.

De volta ao mercado interno, o dólar segue avançando de forma acentuada ante o real, com os agentes apontando saída de recursos no mercado brasileiro. Segundo a NGO Corretora, há também um componente especulativo, com os detentores de posição comprada (que apostam contra o real) forçando a alta para tentar fazer o Banco Central entrar no mercado e prover a liquidez de que precisam. Há pouco, o dólar comercial apresentava alta de 3,49%, valendo R$ 2,401 na venda.

De volta à Bovespa, destaque para os ativos PN da Petrobras, que avançavam 1,84%, para R$ 18,74, sustentando os ganhos do índice. Em direção contrária, Vale PNA perdia 0,48%, para R$ 22,78.

Acompanhando os pares internacionais, os bancos firmaram alta. Bradesco PN ganhava 2,47%, para R$ 24,03, Itaú PN aumentava 2,09%, para R$ 26,33, e as units do Unibanco subiam 1,88%, para R$ 14,59.

Destaque de alta para o papel PN da TAM, que ganhava 10,81%, negociado a R$ 17,73. Parte da alta é atribuída à queda no preço do petróleo, que reduz os custos para o setor. Já o papel PN da Gol subia 4,63%, para R$ 9,71.

Na ponta vendedora, B2W Varejo ON apresentava queda de 4,98%, para R$ 22,50. America Latina Logística unit recuava 2,09%, negociada a R$ 10,26. Perda de 1,30%, para Telemar ON, que valia R$ 34,15.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG