A BM&FBovespa divulgou hoje a nova carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), que entrará em vigor a partir de 1º de dezembro. A nova lista inclui Copel, Even, Itaúsa, Indústrias Romi, Redecard, SulAmérica, Usiminas e Vivo.

Das 28 empresas que constavam na carteira anterior, 26 foram selecionadas também para a nova carteira. Da lista anterior, apenas Odontoprev e Celesc ficaram de fora.

A nova carteira, que vai vigorar até 30 de novembro de 2010, reúne 43 ações de 34 companhias, distribuídas em 15 setores (com a inclusão de construção civil e seguros), somando R$ 730 bilhões, o equivalente a 32,21% do valor de mercado total das companhias com ações negociadas na Bolsa em 24 de novembro.

A mudança na metodologia, segundo a BM&FBovespa, deve diminuir a concentração setorial do indicador. A versão anterior da carteira era composta por 38 ações de 30 empresas distribuídas em 13 setores, somando R$ 1,21 trilhão em valor de mercado, o equivalente a 39,6% da capitalização total da BM&FBovespa em 1º de dezembro de 2008.

Devido a fusões e aquisições no período, atualmente, a careira do ISE é composta por 36 ações, de 28 empresas, uma vez que Sadia e Perdigão passaram a ser representadas por BRF Foods e Itaú e Unibanco se juntaram. A VCP, por sua vez, foi substituída pela Fibria.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.