Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa inverte tendência e passa a operar em alta; dólar sobe

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operava nesta segunda-feira em queda acentuada até às 15h30. Depois de perder mais de 3%, a bolsa paulista inverteu sua tendência e passou a indicar uma alta de 1,54%, aos 36.341 pontos.

Redação com agências |

 

o mercado brasileiro segue a sinalização externa, onde existe a expectativa com novas medidas de ajuda às montadoras norte-americanas e sobre como será feira a efetivação dos projetos discutidos no fim de semana pelo G-20.

Na avaliação de Pacheco, a reunião não apresentou nada de concreto, mas o ponto importante é que os líderes das 20 maiores economias do mundo chegaram a um consenso sobre maior transparência de regulação do mercado financeiro. " Agora, como isso será feito ninguém sabe."

A idéia principal propagada pelo encontro é gastar mais e cobrar menos impostos, como forma de estimular a economia ao redor do mundo. Os líderes também anunciaram medidas para garantir que organismos multilaterais, como Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Mundial, tenham os recursos necessários para ajudar os países que precisam. Esforços em busca de maior transparência regulação também pautaram as conversas.

Na Europa, a segunda-feira é de perdas para os principais mercados. Na Ásia, os investidores receberam a oficialização da recessão no Japão, onde a economia encolheu por dois trimestres consecutivos. No entanto, na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei 225 fechou com alta de 0,71%. As bolsas em Hong Kong e Seul perderam 0,10% e 0,91%, respectivamente, enquanto Xangai teve valorização de 2,22%.

A sexta-feira da semana passada foi mais um dia de elevada instabilidade tanto aqui quanto em Wall Street. Depois de altas e baixas, o Ibovespa fechou com perda de 0,57%, apontando 35.789 pontos. O giro financeiro foi baixo, apenas R$ 3,09 bilhões. Nos EUA, Dow Jones apresentou queda de 3,82%, enquanto a bolsa eletrônica Nasdaq afundou 5%.

Dólar

O Banco Central (BC) colocou todos os contratos de swap cambial oferecidos em leilão. Na transação realizada das 12h45 às 13h, a autoridade monetária vendeu US$ 494,6 milhões em contratos de swap cambial com ajuste periódico.

Por volta das 15h35 desta segunda-feira, a moeda americana era cotada a R$ 2,290, subindo 0,40% ante o real.

(Com informações do Valor Online e Agência Estado)

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG