SÃO PAULO - Com desempenho positivo para as ações da Vale e da Petrobras, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) garantiu fechamento em território positivo nesta quinta-feira. Resistindo à instabilidade externa, o Ibovespa fechou o dia com leve alta de 0,14%, aos 39.

730 pontos. O giro financeiro foi baixo, somando R$ 2,94 bilhões. Na semana, o índice ainda acumula perda de 4,66%.

Já em Wall Street, as vendas ganharam fôlego nos minutos finais do pregão, e o Dow Jones fechou com perda de 1,19%, aos 7.465 pontos, menor patamar desde outubro de 2002. Já o Nasdaq cedeu 1,71%, para 1.442 pontos, enquanto o S & P 500 caiu 1,20%, para 778 pontos.

Segundo o diretor de renda variável da FinaBank Corretora, Edson Marcellino, os eventos relacionados ao mercado interno garantiram o descolamento da Bovespa das perdas observadas em Nova York.

O destaque foram as ações da Petrobras, que concentraram as compras seguindo a disparada de 14% no preço do WTI para março no mercado internacional. Os investidores voltaram a comprar petróleo, trazendo o preço da commodity para perto dos US$ 40 o barril, depois que inesperadamente os estoques recuaram nos Estados Unidos.

Ao final do pregão, o papel PN da estatal apontava alta de 1,58%, a R$ 26,30, e o ON ganhava 1,99%, a R$ 32,20. Contribuindo para o desempenho positivo do dia, Vale PNA ganhou 0,60%, a R$ 29,79.

Para o diretor da FinaBank, a bolsa brasileira deve seguir com um desempenho melhor que seus pares internacionais, mas ainda sem tendência definida de alta. A grande questão continua sendo a falta de solução para os problemas que envolvem o setor financeiro americano. "Não há solução de curto prazo para esse problema e isso atrapalha o desempenho da nossa bolsa", resume.

Ainda de acordo com Marcellino, com não há tendência, o mercado se concentra, basicamente, em operações de curto prazo, o que também ajuda a garantir a instabilidade.

De volta ao âmbito corporativo, Marcellino chama atenção para as ações do Banco do Brasil. O banco surpreendeu apontado lucro de R$ 8,803 bilhões para 2008, montante 74% maior que o registrado em 2007. Só no quarto trimestre, o banco estatal embolsou R$ 2,94 bilhões, mais que o dobro do registrado em igual período do ano anterior.

Com isso, o papel ON do BB fechou o dia com alta de 2,14%, a R$ 13,80. Já os companheiros de setor amargaram baixas. Bradesco PN cedeu 1,15%, para R$ 21,40, e Itaú PN recuou 0,92%, a R$ 23,48.

Entre as siderúrgicas, Usiminas PNA perdeu 0,14%, para R$ 27,76, devolvendo os ganhos do dia no call de fechamento. A empresa teve lucro de R$ 837 milhões entre outubro de dezembro do ano passado, queda de 14% no comparativo anual. Para a Brascan Corretora, o resultado foi positivo em todos os sentidos, e o papel segue com recomendação "outperform" e preço alvo em R$ 55,91.

A Usiminas também anunciou o pagamento de R$ 233 milhões sob a forma de dividendos complementares, o que representa R$ 0,45159 por ação ON e R$ 0,49675 por papel PN. Terão direito ao recebimento os acionistas com posição em 5 de março. A partir de 6 de março de 2009, as ações serão negociadas sem direito ao dividendo.

Ainda no setor, a Gerdau fechou 2008 com lucro líquido consolidado de R$ 4,945 bilhões, aumento de 14,9% sobre 2007. Mas o resultado parece não ter agradado os investidores. O papel PN caiu 2,10%, para R$ 14,39.

A ação ON da Embraer teve baixa de 1,85%, a R$ 8,46. A fabricante de aviões revisou para baixo a previsão de receita e investimentos e anunciou a demissão de 4,27 mil funcionários.

Puxando vendas desde a abertura do pregão, Cyrela ON caiu 5,88%, para R$ 8,48, e Gafisa ON perdeu 5,57%, a R$ 11,52. A notícia do dia envolvendo o setor foi a compra da endividada Abyara. A Agra Incorporadora, empresa ligada a Cyrela, e o investidor espanhol Enrique Bañuelos de Castro fecharam a compra do controle da companhia. Os dois investidores pagarão R$ 37,9 milhões por 62,13% do capital da companhia, o que representa R$ 1,2 por ação ordinária. Depois de cair mais de 20% pela manhã, o papel ON da Abyara fechou com alta de 1,48%, a R$ 2,05.

(Eduardo Campos | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.