Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa firma alta e sobe 1,18%; dólar avança para R$ 1,786

SÃO PAULO - O bom desempenho das ações da Vale e das siderúrgicas impulsiona a Bovespa para o território positivo. Depois testar os 47.600 pontos na mínima da manhã, por volta das 15h o Ibovespa apresentava valorização de 1,18%, aos 49.008 pontos. O dólar começou a ser negociado em alta de 0,9%, caiu e voltou a subir, cotado a R$ 1,786, alta de 0,73%.

Valor Online |

 

Acordo Ortográfico

As compras por aqui seguem a melhora de humor em Wall Street, onde os índices operam em alta depois que as medidas anunciadas pelo Lehman Brothers trouxeram algum alívio para os investidores. Há pouco, Dow Jones subia 0,68%, enquanto o Nasdaq avançava 0,73%.

O banco de investimento, que viu suas ações desabar 45% ontem, antecipou a divulgação de resultados trimestrais e anunciou a venda de ativos para levantar recursos e cobrir perdas com o crédito subprime.

No câmbio, o dólar mantém a trajetória de valorização ante o real pelo terceiro dia consecutivo e passa a registrar alta no acumulado de 2008. Há pouco, a divisa era negociada a R$ 1,780 na venda, alta de 0,45%.

Dentro do Ibovespa, destaque para as ações PNA da Vale, que subiam 4,49%, para R$ 34,84. Bom desempenho também para o ativo PNA da Usiminas, que subia 1,57%, para R$ 34,86. O papel PN da Petrobras segue em baixa, mas a queda é menos pronunciada do que a observada pela manhã. Há pouco, a ação perdia 0,28%, a R$ 28,27.

Desempenho positivo também para as ações ON da JBS, controladora do frigorífico Friboi, que tinha alta de 6,30%, para R$ 5,56. Rossi Residencial ON avançava 5,10%, para R$ 7,83. Redecard ON, TAM PN, Lojas Americanas PN e VCP PN subiam mais de 3% cada.

Na ponta vendedora, BM & FBovespa ON caía 3,26%, para R$ 8,90. Cesp PNB recuava 3,74%, para R$ 18,77, e Ultrapar PN se desvalorizava 1,95%, para R$ 52,64.

Fora do índice atenção voltada para o setor imobiliário. A Brascan Residential Properties anunciou uma proposta de reestruturação que resultará na incorporação da Company. O negócio envolve troca de ações e o pagamento de R$ 200 milhões em dinheiro. Há pouco, a ação ON da Brascan operava estável a R$ 6,0, enquanto o papel ON da Company caía 10,92%, a R$ 8,87.

Leia também:

 

Leia mais sobre o mercado financeiro

Leia tudo sobre: dolaribovespamercado financeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG