Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bovespa fecha em baixa de 5,24% após ganhos recentes

A desvalorização das matérias-primas e a cautela do investidor com o início da safra de balanços nos Estados Unidos levaram a Bovespa a uma forte correção de baixa neste início de semana. O tombo acima de 5% foi puxado principalmente pelas ações de Petrobras, Vale e siderúrgicas, justamente os papéis que impulsionaram os ganhos nos primeiros seis pregões de 2009.

Agência Estado |

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, terminou a sessão em baixa de 5,24%, o maior recuo porcentual desde 21 de novembro passado (quando cedeu 6,45%) e pela primeira vez abaixo de 40 mil pontos em 2009, aos 39.403,47 pontos, comportamento que reduziu os ganhos no mês para 4,94%. O índice atingiu a mínima do dia de 39.345 pontos (-5,38%) e a máxima de 41.585 pontos (estabilidade). O giro financeiro totalizou R$ 3,431 bilhões.

Os temores sobre a retração da demanda de petróleo em razão da crise financeira e a resolução do impasse entre Rússia e Ucrânia sobre o gás fizeram a cotação do óleo despencar abaixo de US$ 40. Isso levou os investidores a embolsarem os ganhos dos últimos dias em Petrobras. As ações ON caíram 7,31% e as PN, 6,50%. Na Bolsa Mercantil de Nova York, o contrato futuro para entrega do petróleo em fevereiro terminou em baixa de 7,94%, a US$ 37,59 por barril.

Vale também esteve entre as maiores quedas do pregão, com a baixa dos metais no exterior. As siderúrgicas também estão entre os papéis mais castigados no pregão doméstico. Vale ON cedeu 7,97%, Vale PNA caiu 7,26%, Gerdau PN despencou 8,8%, Metalúrgica Gerdau PN perdeu 8,09%, Usiminas PNA recuou 4,10% e CSN ON declinou 7,01%. A Gerdau McSteel vai dispensar temporariamente 46 funcionários horistas em sua usina em Monroe, no Estado norte-americano de Michigan, a partir do dia 16, por causa da persistente crise no setor automotivo, informou o site aberto Monroenews.com.

Em outra frente do noticiário, a mineradora anglo-australiana Rio Tinto anunciou que vai adiar a expansão de sua mina de ferro em Corumbá (MS), na qual tinha previsto investir 3,07 bilhões de dólares australianos (cerca de US$ 2,11 bilhões), por causa das fracas condições do mercado.

Na avaliação do superintendente de renda variável da Banif Corretora, Raffi Dokuzian, o tombo de hoje da Bovespa foi apenas uma correção, depois dos ganhos acumulados no início de janeiro. "A posse de Obama (Barack Obama) nos Estados Unidos no próximo dia 20 e a reunião do Copom (dia 21) estão na mira dos investidores. E eles devem antecipar o otimismo".

Nos Estados Unidos, depois de um relatório do mercado do trabalho ruim na sexta-feira, os investidores começaram uma nova semana à espera dos balanços corporativos, cuja safra começa hoje com a Alcoa. Os investidores estão apreensivos com o que deve sair, já que as empresas devem apresentar o tamanho do baque sentido com a crise. Às 18h17 (de Brasília), o índice acionário Dow Jones recuava 1,74%, o S&P, de 2,59%, e o Nasdaq, 2,34%.

No Brasil, Bradesco PN fechou em baixa de 3,65%. Hoje, a instituição anunciou que Luiz Carlos Trabuco Cappi foi indicado para assumir a presidência-executiva do banco no lugar de Márcio Cypriano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG